Reportagem de TV mostra a importância do trabalho dos Agentes Federais Judiciários para seguraça dos magistrados

03-03-2017 18:49

 

SITRAEMG chama atenção para a contrapartida de descaso e falta de valorização dispensada aos agentes


Facebooktwitterpinterestlinkedinmail

No Brasil, cerca de 24 mil agentes fazem segurança do poder judiciário. Além de garantir a ordem nos fóruns, são os responsáveis por proteger os juízes ameaçados de morte. E, segundo o Conselho Nacional de Justiça, atualmente, 131 magistrados vivem sob ameaça. A (ampla) reportagem é da TV Record (confira-a, ao final desta matéria).

O coordenador do SITRAEMG Henrique Olegário Pacheco lembra que, apesar de ter uma função essencial na proteção dos magistrados, os agentes de segurança não são valorizados como deveriam pelos próprios beneficiados. “Ao contrário, faltam-lhes suporte material e logístico de toda a ordem. O descaso do Judiciário com seus servidores e em especial com seus agentes demonstra o quanto estão em desarmonia os interesses dos servidores com os dos magistrados, a despeito da existência de princípios básicos de direitos humanos há muito incorporados no nosso Ordenamento Jurídico”, afirma o coordenador.

O SITRAEMG, lembra Henrique Olegário Pacheco, luta incansavelmente para que todos os seus filiados e, em consequência, todos os servidores do Poder Judiciário da União no estado de Minas Gerais, sejam vistos e lembrados com a dignidade e segurança que o cargo requer, na proporção com que, muitas vezes, arriscam suas vidas na defesa das vida dos magistrados.

 

 

http://www.sitraemg.org.br/reportagem-de-tv-mostra-importancia-do-trabalho-desses-servidores-para-seguraca-dos-magistrados/