OPERAÇÃO CONJUNTA ENTRE STF, TRT 7 E PRF

01-02-2011 13:44


01/02/2011 - Matéria enviada por Igor Tobias Mariano

 

fonte: http://www.agepoljus.org.br/p213.aspx?IdNoticia=2687&idme=546

 

 

 

 

No dia 01 de fevereiro o Supremo Tribunal Federal realizou sessão de abertura do ano judiciário, a cerimônia contou com a presença da Presidenta Dilma Russeff, Ministros de Estado e do Poder Judiciário, além de outras autoridades, representando os três poderes da República.

 

Na parte externa ao edifício sede, junto aos alambrados de proteção, puderam-se ver homens, mulheres e até idosos que protestavam pela soltura do italiano Cesare Battisti, tratava-se do grupo “Crítica Radical” que tinha como intenção chamar a atenção da Presidenta Dilma e do Ministro Peluso, Presidente do STF, para a causa do ex-ativista italiano que pleiteia a sua permanência no Brasil enquanto o seu país de origem exige a sua extradição. O STF chegou a autorizar a referida extradição, mas deixou a decisão final ao então Presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva, que a negou nos últimos dias do seu governo. O caso ainda será objeto de deliberação pelo plenário da Suprema Corte.


A tranqüilidade verificada durante toda a cerimônia, no entanto, decorreu principalmente de um trabalho coordenado entre Agentes de Segurança do Poder Judiciário Federal (STF e TRT7) e a Policia Rodoviária Federal, que no dia 27/01 desencadearam operação que visava à identificação dos manifestantes, seus interesses e plano de ação, de modo a proteger a integridade física e impedir que as autoridades presentes na cerimônia do dia primeiro fossem constrangidas ou ameaçadas.

 

A operação rompeu a barreira do Distrito Federal, onde se localiza o Supremo Tribunal Federal, chegando até a capital cearense Fortaleza, onde contou com o apoio da PRF e dos Agentes Luiz Antonio Barbosa de Araujo e Eugênio Augusto de Almeida Neto, do TRT da 7ª região.


Do Distrito Federal coordenavam a operação o Agente Igor Mariano e Carlos Prudêncio, que estiveram pessoalmente no posto da PRF em Formosa-GO para proceder à identificação e acompanhamento dos manifestantes. A missão foi um sucesso, já identificados, os manifestantes foram impedidos de acessar ao plenário da Corte, permanecendo a uma distancia segura das autoridades, e sob o controle total e absoluto dos Agentes que faziam a segurança do evento.


Em razão das férias do Coronel Marley Elísio dos Santos, Secretário de Segurança do STF, a Segurança do evento estava sob a coordenação do Dr. Fernando Martinez, Coordenador de Segurança do STF, que manifestou grande satisfação com o trabalho realizado, também o Diretor Geral do STF, Dr. Alcides Diniz, fez questão de parabenizar os Agentes envolvidos e prometeu oficiar tanto a PRF quanto o TRT7 para agradecer formalmente o apoio concedido.

 AGEPOLJUS aproveita a oportunidade para parabenizar os companheiros e dizer que ações como essa são feitas em todo o país todos os dias o que demonstra a qualidade dos nossos Agentes de Segurança.