Governo distribuirá 4 mil apitos de alerta contra assaltos

11-05-2014 02:25

 

Luciano Tavares, da redação ac24horas 09/05/2014 13:57:46
 

unnamed (1)

Como popularmente é dito nas vielas da região, “tem coisas que só acontecem no Acre”. Quando estiver em perigo, apite! Esse é o pensamento da cúpula da segurança pública estadual  para tentar diminuir o número de assaltos e arrombamentos na capital do Acre. A nova medida “inspirada em países de primeiro mundo” é cômica, mas real, e foi apresentada nesta sexta-feira, 9, na sede da Associação Comercial Acre pela cúpula da Segurança e empresários.  São adesivos internos, externos e até apitos que servirão para “alertar a presença de pessoas estranhas” diz o secretário de Segurança, Reni Graebner.

E para completar o governo ainda pediu ajuda aos empresário para que bancassem o projeto batizado “Kit Vizinhança Solidária”.

Frente ao descontrole da violência que diariamente é publicado na mídia, a artimanha governamental lembra os feitos de “Sucupira”, cidade fictícia da novela Global “O Bem Amado”, do autor Dia Gomes, onde volta meia esse tipo de presepada era visto. Na história, a cidade era comandada por Odorico Paraguaçu, personagem interpretado pelo saudoso Paulo Gracindo.

“É um trabalho de prevenção por parte da Polícia Militar copiado de outros países que deu muito certo. E nós iniciamos essa atividade com recursos próprios, mas o Estado sempre dificuldade. E nós conversamos com a Associação Comercial e os empresários se prontificaram a patrocinar também o Kit da Vizinhança Solidária, onde os policiais vão de casa em casa conversar com os moradores, estimular as pessoas a conhecer o seu vizinho, para num caso de uma viagem. Se tiver algum elemento estranho na vizinhança, ele apita e já avisa que tem um elemento estranho e todo mundo fica alerta. Em alguns bairros os próprios moradores se reuniram e optaram por sirenes ”, informou o secretário de Segurança do Acre.

O secretário evitou usar a palavra “socorro”, mas admitiu que “não há recursos para tudo que gostaríamos de fazer”.

Serão distribuídos quatro mil apitos. O kit contém ainda um imã de geladeira e adesivos de porta internos e externos.

“É com certeza uma ajuda importante para coibir a violência em nossa cidade que a nossa Associação está dando”, disse o presidente da Acisa, Jurilande Aragão.

image004